Plano de Carreira Individual para cursar a Pós ou MBA + atividade prática e feedback

7movimentosPCI2016

João Florêncio Bastos*

A oferta de cursos de Pós ou MBA atualmente é tão vasta e diversificada que tornou o processo de escolha uma tarefa complexa, árdua e de alto risco. Para facilitar a tomada de decisão neste processo, é fundamental que o profissional invista tempo na elaboração do Plano de Carreira Individual. Desta forma, poderá executá-lo adequadamente durante a escolha, ao longo das aulas e também na realização do trabalho de conclusão de curso, por meio do  questionamento objetivo do progresso na carreira.

Na Pós ou MBA, seja qual for o curso, a escola, a carga horária, presencial ou a distância, no Brasil ou no exterior, é necessário muita dedicação, disciplina e determinação. Dedicação de tempo para refletir sobre a troca de experiências com os professores e colegas de turma, disciplina para dar conta das leituras e execução de trabalhos extraclasse e determinação para participar ativamente das aulas e das discussões em grupo. Adicionalmente, é muito importante estreitar os laços de amizade com os colegas de turma porque o networking é um dos aspectos mais relevantes ao longo do curso.

Planejamento pode ser definido como um trabalho de preparação para qualquer empreendimento, a partir de uma orientação adequada. Nesta preparação (aprendizado contínuo e aperfeiçoamento da capacidade de aprender a aprender) é necessário que o profissional, a partir do sonho pessoal, do autoconhecimento e do Plano de Carreira Individual, busque soluções que venham ajudá-lo a libertar-se dos seus limites, condicionamentos e fragilidades.

O profissional que conduz a própria carreira não fica à mercê de eventuais oportunidades porque em seu planejamento valoriza a análise constante de seus objetivos e metas à luz do comportamento do mercado de trabalho, frente às mudanças de cenário na economia. Desta forma, os conhecimentos, habilidades e atitudes em sua área de atuação – aprendidos ou compartilhados na Pós ou MBA – estimulam novas relações com as organizações porque a tradicional dependência transforma-se em parceria e cria oportunidades para carreiras inéditas. A empregabilidade está cada vez mais associada a fatores de qualificação profissional, compreensão do negócio e seus processos, entendimento das necessidades do cliente e atingimento de metas cada vez mais desafiadoras.

Portanto, como o profissional pode se preparar adequadamente para obter um bom aproveitamento na Pós ou MBA? Como deve alinhar a execução do Plano de Carreira Individual aos conhecimentos, habilidades e atitudes desenvolvidos ao longo das aulas e na elaboração do trabalho de conclusão de curso?

A EDUCAÇÃO CONTINUADA É O VOLANTE DE DIREÇÃO DA CARREIRA PARA PRATICAR 3 COMPETÊNCIAS BÁSICAS.

Para perceber as principais tendências no mercado de trabalho, devemos nos conscientizar de que a educação continuada é o volante de direção, que devemos segurar com firmeza, seja qual for o rumo que as nossas carreiras venham a tomar. Nos cursos de Pós ou MBA, o convívio e a troca de experiências entre colegas e professores são muito importantes para alavancar a carreira porque, ao longo das aulas, existem muitas oportunidades para conversar e debater sobre três competências básicas sempre lembradas pelos líderes nas organizações: produzir em equipe, comunicar com objetividade e cultivar relacionamentos.

1 – Produzir em equipe.

O profissional que, individualmente, produz bons resultados sempre será bem avaliado. Porém, se demonstrar dificuldade para desenvolver atividades em grupos – que têm vida útil cada vez mais curta – vai perder grandes oportunidades de crescimento e enriquecimento de carreira. O conceito de trabalho em equipe – na perspectiva das organizações que investem e reinvestem em aprendizagem – é cada vez mais aplicado porque, cada integrante da equipe, pode compartilhar com os seus colegas, aquelas valiosas informações que estão ao seu alcance, possibilitando que as atividades sejam desenvolvidas com padrões elevados de qualidade.

2 – Comunicar com objetividade.

A habilidade de transmitir ideias com simplicidade, clareza, objetividade e segurança é de fundamental importância, uma vez que é crescente a demanda pela formação de grupos multifuncionais, reunindo colaboradores de vários departamentos e de diferentes formações, na busca por soluções inovadoras. No processo de comunicação e relacionamento interpessoal, dentro das organizações, ocorrem profundas transformações tendo em vista o achatamento das estruturas hierárquicas. Cada vez mais as pessoas responsáveis pelas decisões estão se aproximando daquelas que fazem o produto final ou prestam serviços ao cliente.

3 – Cultivar relacionamentos.

O cultivo de relacionamentos no mercado de trabalho tem sido uma grande preocupação entre os líderes porque o conceito de fidelidade dos colaboradores mudou muito a partir do momento em que as organizações começaram a acompanhar a velocidade das mudanças. As melhores oportunidades de carreira não estão somente nos classificados dos jornais e da internet ou mesmo nos bancos de dados dos headhunters, mas principalmente, nos relacionamentos que aprendemos a cultivar nos cursos de Pós ou MBA.

A EDUCAÇÃO CONTINUADA APRIMORA 3 COMPORTAMENTOS.

Além de praticar as três competências lembradas pelos líderes, existem três comportamentos que podemos aprimorar para melhor dialogar com as organizações. O primeiro comportamento está relacionado ao aprimoramento da percepção sobre as próprias expectativas profissionais. O autoconhecimento é fundamental no processo de planejamento de carreira, uma vez que não existem fórmulas infalíveis para construir uma carreira de sucesso, até mesmo porque o conceito de sucesso pode variar de pessoa para pessoa. O segundo comportamento consiste em desenvolver alternativas que nos auxiliem a conviver melhor com os imprevistos e as contrariedades, alinhando os nossos objetivos na busca pelo melhor redirecionamento de nossa carreira. O terceiro comportamento se baseia na iniciativa de elaborar uma estratégia particular para atuar no mercado de trabalho.

O profissional atento a estes três comportamentos identifica as melhores oportunidades nas organizações porque o seu Plano de Carreira Individual  transforma-se em plataforma extremamente útil para revisar a sua estratégia de carreira. Porém, sozinho, nem sempre têm condições de explorar os seus pontos fortes, identificar oportunidades, definir objetivos, estabelecer metas, escolher estratégias, agir e avaliar resultados. Neste sentido, o Plano de Carreira Individual, elaborado por meio do questionamento objetivo do progresso na carreira, provoca respostas específicas e aperfeiçoa o pensamento crítico do profissional para cursar a Pós ou MBA.

Atividade prática: Educação Continuada – Uma poderosa âncora

O conceito Âncoras de Carreira foi desenvolvido por Edgar Schein. Para perceber as principais tendências no mercado de trabalho, devemos nos conscientizar de que a educação continuada representa uma poderosa âncora, da qual o profissional não deve abrir mão, seja qual for o rumo que a sua carreira venha a tomar. A partir da experiência que você vai obter na atividade prática Educação Continuada – Uma poderosa âncora (adaptação do inventário proposto por Schein) – por meio de um novo inventário com 28 afirmações, cobrindo 7 âncoras – vou orientar você sobre como elaborar e executar o Plano de Carreira Individual para cursar a Pós ou MBA em cenários onde não existem segurança e estabilidade para o profissional.

Leia atentamente as afirmações e avalie o quanto cada uma delas se aplica a você.

Se a afirmação jamais se aplica a você marque 1

Se a afirmação ocasionalmente se aplica a você marque 2 ou 3

Se a afirmação sempre se aplica a você marque 4

1 – Sonho em ser tão bom no que faço que minha opinião de especialista será sempre solicitada.   1  2  3  4

2 – Sinto-me mais realizado em meu trabalho quando consigo integrar e administrar o trabalho de outras pessoas.   1  2  3  4

3 – Sonho em ter uma carreira que me permitirá executar o meu trabalho livremente a meu modo.   1  2  3  4

4 – Estou sempre procurando ideias que me permitirão iniciar o meu próprio negócio.                 1  2  3  4

5 – Sentirei sucesso na minha carreira se sentir que contribui verdadeiramente para o bem estar da sociedade.   1  2  3  4

6 – Sonho com uma carreira na qual possa solucionar problemas ou vencer em situações muito desafiadoras.   1  2  3  4

7 – Preferiria sair da empresa onde estou a ser colocado em uma atividade que prejudique a possibilidade de satisfazer meus interesses pessoais e familiares.   1  2  3  4

8 – Só sentirei o sucesso na minha carreira se puder desenvolver minhas habilidades técnicas e funcionais até o mais alto nível de competência.           1  2  3  4

9 – Sonho em ser responsável por uma organização complexa e tomar decisões que afetem muitas pessoas.   1  2  3  4

10 – Sinto-me mais realizado em meu trabalho quando tenho inteira liberdade de definir minhas tarefas, horários e métodos.   1  2  3  4

11 – Construir meu próprio negócio é mais importante do que ocupar um alto cargo administrativo em uma empresa alheia.   1  2  3  4

12 – Sinto-me mais realizado em minha carreira quando tenho a oportunidade de usar meus talentos a serviço de meus semelhantes.   1  2  3  4

13 – Sentirei sucesso em minha carreira se enfrentar e superar situações muito difíceis.                  1  2  3  4

14 – Sonho com uma carreira que me permitirá integrar minhas necessidades pessoais, familiares e profissionais.   1  2  3  4

15 – Tornar-me diretor técnico na área de especialidade me atrai mais do que tornar-me diretor geral.   1  2  3  4

16 – Sentirei que minha carreira é um sucesso somente se me tornar diretor geral de uma organização.   1  2  3  4

17 – Sentirei sucesso em minha carreira somente se alcançar completa autonomia e liberdade.   1  2  3  4

18 – Sinto-me mais realizado na minha carreira quando sou capaz de construir alguma coisa que seja inteiramente resultado de minhas ideias e esforços.   1  2  3  4

19 – Usar minhas habilidades para fazer do mundo um lugar melhor para se viver e trabalhar é mais importante para mim do que alcançar um alto cargo administrativo.             1  2  3  4

20 – Sinto-me mais realizado na minha carreira quando resolvo problemas aparentemente insolúveis ou venço sobre coisas que são aparentemente impossíveis.   1  2  3  4

21 – Sentirei sucesso na vida se conseguir equilibrar exigências pessoais, familiares e profissionais.   1  2  3  4

22 – Prefiro sair da empresa onde estou a aceitar um cargo em esquema rotativo que me afaste da minha área de especialidade.   1  2  3  4

23 – Tornar-me diretor geral é mais interessante para mim do que ocupar o cargo de diretor técnico na minha área de especialidade.   1  2  3  4

24 – A chance de fazer um trabalho do meu jeito, livre de regras e pressões, é mais importante para mim.   1  2  3  4

25 – Sentirei sucesso na minha carreira somente se conseguir criar ou construir algo que seja uma produção ou ideia inteiramente minha.   1  2  3  4

26 – Sonho em ter uma carreira que traga uma verdadeira contribuição para a humanidade e a sociedade.   1  2  3  4

27 – Procuro oportunidades profissionais que desafiem fortemente minha habilidade de resolver problemas.   1  2  3  4

28 – Equilibrar minhas necessidades pessoais e profissionais é mais importante para mim do que alcançar um alto cargo administrativo.   1  2  3  4

Preencha, cuidadosamente, os espaços abaixo com os números marcados em cada uma das 28 afirmações, lance a soma das 4 afirmações para cada âncora e leia, atentamente, abaixo as descrições resumidas das 7 âncoras .

1 – Competência Técnica / Funcional – A chave para o profissional com esta âncora de carreira é o desejo de exceder-se sempre no seu ramo de trabalho. Promoções não pesa tanto para ele como oportunidades consistentes para melhorar sua capacidade técnica. (1,8,15,22) ___+___+___+___ = ___

2 – Competência Gerencial – O profissional com esta âncora de carreira é mais alinhado com a maneira tradicional de gerenciar carreiras nas organizações. Ele quer aprender várias funções e sintetizar informações de várias fontes. (2,9,16,23) ___+___+___+___ = ___

3 – Autonomia/Independência – O profissional com esta âncora de carreira quer estar sozinho. Ele fica mais satisfeito fazendo as coisas segundo suas próprias regras e procedimentos. (3,10,17,24) ___+___+___+___ = ___

4 – Criatividade Empreendedora – O profissional com esta âncora quer criar alguma coisa por ele mesmo. Ele gosta de criar e torna-se facilmente desmotivado ao sentir-se impedido de fazê-lo. (4,11,18,25) ____+___+___+___ = ___

5 – Dedicação a uma causa – A necessidade de um trabalho focado em um conjunto de valores específicos é a questão mais importante para o profissional com esta âncora, ou seja, a chance de debruçar-se sobre uma causa em particular. (5,12,19,26) ___+___+___+___ = ___

6 – Puro Desafio – O profissional com esta âncora procura desafios muito difíceis de se conquistar. Este profissional geralmente irradia um senso de urgência nos seus desafios. (6,13,20,27) ___+___+___+___ = ___

7 – Estilo de Vida – O profissional com esta âncora se organiza em função da sua vida particular. Ele leva em consideração o quanto o trabalho dá a ele a liberdade para equilibrar outros interesses com sua vida profissional. (7,14,21,28) ___+___+___+___ = ___

Agora, analise e reflita sobre a sua experiência ao longo desta atividade prática. (Se necessário, releia o artigo Plano de Carreira Individual para cursar e Pós ou MBA com o objetivo de melhor compreender as competências básicas e os comportamentos a serem aprimorados durante o processo de educação continuada)

Finalmente, para completar a experiência, acesse o conteúdo do livro Planejamento de Carreira no http://www.slideshare.net/joaoflorenciobastos e responda as questões da página 71. Envie as respostas para joaoflorenciobastos@gmail.com – Entrarei em contato por e-mail para combinar a data e o horário de sua Sessão Gratuita via Skype: careerplanjfb1 ou aconsecarreira

fotocv * João Florêncio Bastos Filho – Certified Management Consultant pelo International Council of Management Consulting Institutes, há 22 anos orienta sobre o Plano de Carreira Individual para cursar a Pós ou MBA. Fan Page: /joaoflorenciobastos     https://www.linkedin.com/in/careerplanning   (19) 3368-1758 / 99865-4060 | @careerplanjfb

Mais: https://www.youtube.com/watch?v=YInFe2KJcyM&feature=youtu.be

varetas

Mais sobre João Florêncio Bastos Filho, CMC

QUALIFICAÇÕES – Certified Management Consultant pelo ICMCI – International Council of Management Consulting Institutes http://www.icmci.org / IBCO – Instituto Brasileiro dos Consultores de Organização. http://www.ibco.org.br (Filiado como consultor interno, representando a Caterpillar Brasil, em 1995. Filiado como consultor autônomo em setembro de 1999. Certificado como CMC pelo ICMCI/IBCO em agosto de 2003). Possui 36 anos de experiência em Treinamento e Desenvolvimento, Pesquisa de Clima Organizacional, Avaliação de Desempenho, Sistemas de Administração de Carreiras e Desenvolvimento Gerencial em empresas multinacionais.

Especialista na utilização do método Reflective Writing Process in Personal Career Planning (Anotações Reflexivas no Processo de Planejamento Individual de Carreira, tradução livre), criou a ferramenta específica Questionamento Objetivo do Progresso na Carreira e atuou como orientador de Planejamento de Vida e Carreira do Curso de Capacitação em Consultoria do IBCO. Esta ferramenta é aplicada para desenvolver o pensamento crítico de profissionais com o objetivo levá-los a uma maior reflexão sobre suas expectativas, questionamentos e ações ao longo da carreira, por meio de anotações diárias sobre vários aspectos do mundo corporativo e da educação executiva. Auxilia na elaboração e execução do Plano de Carreira Individual, quando este se torna uma prioridade na carreira. Mais: https://lnkd.in/38JSdG

Como consultor independente especialista em Plano de Carreira Individual, palestrante e professor de Planejamento Estratégico de Carreiras, atende por ano, em média, 1.400 profissionais matriculados em cursos de Pós ou MBA, por meio de consultorias presenciais e a distância, palestras na abertura de novas turmas e aulas/workshops em módulos específicos de Gestão de Pessoas / Recursos Humanos, em instituições de ensino superior ou escolas de negócios. Mais: http://www.joaoflorenciobastos.wordpress.com

PUBLICAÇÕES – Gestão de Carreiras – Âncoras, Portos e TimoneirosUma reflexão para que as pessoas aprendam a dialogar e compartilhar expectativas sobre as suas carreiras profissionais – Ed. Fênix, 2005 – Mais: http://www.rhcentral.com.br

Planejamento de Carreira – Segure firme o timão de sua carreira! Uma reflexão para auxiliar os alunos da pós-graduação a planejarem as suas carreiras profissionais – Ed. Árvore da Terra, 2009 – (em 29/09/16 atingiu a marca 32.387 acessos e/ou downloads no SlideShare). Mais: Disponível gratuitamente no http://slideshare.net/joaoflorenciobastos

Âncoras, Portos e Timoneiros: Simplesmente – Uma simples combinação entre Planejamento de Carreira, Comunicação Verbal, Música, Filosofia e Literatura para aperfeiçoamento de profissionais interessados em cursar a Pós ou MBA, no Brasil ou no exterior (no prelo, com pré-lançamento agendado para 09/11/16, às 17h, no estande da Livraria Saraiva, durante a realização da HSM Expo Management 2016. http://www.hsm.com.br Nesta oportunidade, será lançado oficialmente o Grupo Linkedin Pós ou MBA – 2 Minutos em Sua Carreira.) Mais: https://www.linkedin.com/groups/12009083

Comunicação em Sala de Aula – Interação professor/aluno – Uma reflexão para auxiliar os professores da Pós e MBA na interação com os alunos visando a elaboração do TCC – Trabalho de Conclusão de Curso alinhado ao e/ou substituído, opcionalmente, pelo Plano de Carreira Individual. (no prelo, aguardando os desdobramentos da atualização da Resolução CES-CNE nº 1 de 08/06/2007, prevista para o final de 2016). Mais: https://lnkd.in/dg-Syvf

EXPERIÊNCIAS PROFISSIONAIS – Como consultor associado à Nova Didática – Soluções para Capacitação atende organizações que possuem Sistemas de Administração de Carreiras, Avaliação de Desempenho, Plano de Carreira Individual e Educação a Distância. Atividades resultantes de experiências adquiridas em consultoria para dirigentes de empresas multinacionais em cursos de Desenvolvimento Gerencial e Pós ou MBA abertos ou in company. (set/99 – atual) Mais: http://br.linkedin.com/in/careerplanning | http://www.ndidatica.com.br

Consultor de Desenvolvimento Gerencial e coordenador de cursos de pós-graduação in company  e Plano de Sucessão (em parceria com a Fundação Getúlio Vargas FGV-Eaesp) da Caterpillar Brasil, nas áreas de Gestão Estratégica de Negócios, Finanças para Executivos Não Financeiros e Intensivo de Administração, para os dirigentes da Caterpillar Brasil (produção, administração e vendas), dirigentes revendedores e dirigentes fornecedores, envolvendo 270 participantes. Coordenador da Pesquisa de Clima Organizacional e Avaliação de Desempenho aplicada a 3.500 funcionários. Instrutor de cursos de liderança para 220 supervisores e líderes de equipes. Instrutor de cursos comportamentais para 2.800 funcionários. Coordenador de eventos de Comunicação Empresarial para os 500 dirigentes e 3.500 funcionários. Multinacional americana líder mundial na produção de equipamentos para construção e mineração. (mar/94 – ago/99). Mais: http://www.cat.com

Supervisor de Treinamento e Desenvolvimento (fev/90 – fev/94) líder de equipe com três instrutores (produção, administração e vendas) e vinte e sete instrutores/supervisores de vendas nas filiais de vendas. Analista de Desenvolvimento Gerencial (jul/1987 – jan/90) RR Donnelley Brasil (antiga Moore Formulários), responsável por Treinamento e Desenvolvimento de Dirigentes e Vendedores, Avaliação de Desempenho e Plano de Carreira, aplicados a 970 funcionários. Multinacional americana líder mundial no setor de formulários e impressos de segurança. (jul/87 – fev/94). Mais: http://www.rrdonnelley.com.br

Sócio diretor da CACE&Bastos Consultores Associados, empresa de consultoria em desenvolvimento em recursos humanos, especializada em treinamento de habilidades de vendas e cursos de extensão universitária sobre comunicação verbal, técnicas de apresentação e oratória. (jan/86 – mar/90) Mais: http://www.fei.edu.br (extensão universitária). João Florêncio Bastos MEI Consultor autônomo e/ou independente. (out/13 – atual). Nos últimos trinta anos  capacitou, aproximadamente, 9.000 profissionais e estudantes universitários, em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. (jan/86 – atual). Mais: http://www.joaoflorenciobastos.wordpress.com

Analista de Treinamento (abr/85 – nov/85) coordenador de treinamento in company  e análise de desempenho de vendas (em parceria com a Amauri Solon Ribeiro Consultores Associados) da Digital Computers Inc., representada no Brasil pela Sisco Sistemas e Computadores, do Grupo Macksoud, no Programa Desenvolvimento de Representantes Técnicos, dirigido à 27 vendedores de 10 filiais de vendas. Assistente administrativo comercial (jan/80 – mar/85) responsável pelo acompanhamento das metas de vendas e elaboração de propostas comerciais para todo o Brasil. Multinacional inglesa do setor de informática. (jan/80 – nov/85) . Mais: http://www.digital.com

Professor de Desenvolvimento Gerencial e Comunicação Empresarial dos cursos de Pós e MBA da Fatep – Faculdade de Tecnologia de Piracicaba e Facens – Faculdade de Engenharia de Sorocaba. (abr/94 – atual) Mais: http://www.fateppiracicaba.edu.br | http://www.facens.br

Professor de Planejamento Estratégico de Carreiras e coordenador do curso de pós-graduação em Gestão Estratégica de Pessoas da FACP – Faculdade de Paulínia. (mar/13 – atual) Mais: http://www.facp.com.br

Professor de Planejamento de Carreira dos cursos de Pós e MBA do INPG Business School – Instituto Nacional de Pós-Graduação de Campinas e Araraquara. (jun/14 – mar/15). Mais: http://www.inpg.edu.br

Professor de Desenvolvimento e Orientação de Carreira do curso de pós-graduação em Gestão de Pessoas do Unisal – Centro Universitário Salesiano (Unidade de Americana). (mar/97 – jul/10). Mais: http://www.unisal.br

Professor/Palestrante convidado para a abertura de cursos de Pós e MBA do Unicep/Asser – Centro Universitário Central Paulista de São Carlos com as palestras/workshops Aspectos Comportamentais das Pessoas e palestra Comunicação em Sala de Aula – Interação Professor/Aluno, dirigida aos professores da graduação. (ago/03 – ago/07). Mais: http://www.unicep.com.br

Professor de Gestão Estratégica de Carreiras do curso MBA em Gestão de Pessoas e Desenvolvimento do Capital Humano da Unimep – Universidade Metodista de Piracicaba. (mar/00 – dez/06) Mais: http://www.unimep.br

Professor de Didática e Prática de Ensino, Técnicas de Comunicação e Liderança e Métodos de Pesquisa dos cursos de pós-graduação de Administração para Engenheiros e Administração de Recursos Humanos, professor de Técnicas de Apresentação para Universitários dos cursos de extensão universitária e professor de Relações Públicas e Comunicação Empresarial do curso de graduação em Administração de Empresas do Centro Universitário da FEI, antigas ESAN – Escola Superior de Administração de Negócios e FEI – Faculdade de Engenharia Industrial. (mar/82 – mai/02). http://www.fei.edu.br

Professor de Mercadologia do curso de graduação em Marketing e professor de Comunicações Administrativas do curso de graduação em Secretariado Executivo Bilingue da Faculdade Anhembi Morumbi – Instituto Superior de Comunicação Publicitária. (fev/86 – ago/87). Mais: http://www.anhembi.br

Professor de Administração de Recursos Humanos do curso tecnológico em Recursos Humanos da FACP – Faculdade de Paulínia. (ago/12 – abr/14). Mais: http://www.facp.com.br

Professor de Comunicação Empresarial de todos os cursos tecnológicos da Fatep – Faculdade de Tecnologia de Piracicaba e professor/palestrante convidado para orientar professores da graduação sobre Andragogia – Educação de Adultos, por meio do workshop Comunicação em Sala de Aula – Interação Professor/Aluno. (mar/07 – jun/08). http://www.fateppiracicaba.edu.br

Professor de Gestão de Carreiras e Mercado de Trabalho dos cursos tecnológicos do IBTA – Instituto Brasileiro de Tecnologia Avançada. (ago/03 – dez/04). Mais: http://www.ibta.edu.br

Palestrante sobre Planejamento Estratégico de Recursos Humanos, Planejamento de Carreiras, Plano de Carreira Individual, Comunicação Empresarial e Didática do Ensino Superior em eventos realizados em várias instituições de ensino superior, congressos de Gestão de Pessoas/Recursos Humanos e Feiras de Carreiras de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul, com vários artigos publicados em inúmeros periódicos.  (mar/00 – atual). Mais: http://lattes.cnpq.br/8884126033873029

EXPERIÊNCIAS COMO VOLUNTÁRIO EM PROJETOS SOCIAIS – Voluntário Gestor do Projeto Sócio Musical DOE VIOLÃO, JOÃO! (Educação Musical no Ensino Médio) que tem como objetivo estimular a educação musical dos jovens, por meio da coleta de violões quebrados ou velhos para doá-los, restaurados, às escolas do ensino médio que, comprovadamente, desenvolvem atividades de educação musical. Em Julho de 2014, o consultor de Plano de Carreira Individual para cursar a Pós ou MBA e também professor de violão e restaurador de violões João Florêncio Bastos apresentou, informalmente, o Projeto Sócio Musical DOE VIOLÃO, JOÃO! na ISME – International Society for Music Education, realizada pela primeira vez na América do Sul, na cidade de Porto Alegre (RS). Naquela oportunidade, os participantes do evento consideraram o projeto pioneiro e sugeriram que os violões restaurados fossem doados aos alunos do ensino médio. No próximo dia 8 de outubro de 2016, o Projeto Sócio Musical DOE VIOLÃO, JOÃO! – por meio do Prof. João Florêncio Bastos – vai doar sete violões restaurados (em homenagem ao violonista, cantor e compositor campineiro Paulinho Nogueira) para a primeira escola de ensino médio que, durante a realização da ExpoMusic2016 http://www.expomusic.com.br, demonstrar interesse em recebê-los e administrá-los adequadamente, por meio do professor de violão ou musicalização, entre os alunos interessados em aprender a tocar o instrumento. (jul/14  – atual). Mais: http://www.musicjobsbrasil.com.br/cv/Joao.Florencio.Bastos.Filho – Apoio institucional do Congresso Nacional da Escolas de Música CAEM – Centro de Apoio às Escolas de Música http://www.escolasdemusica.com.br Revista Música&Mercado http://www.musicaemercado.com.br e Anafima – Associação Nacional da Indústria da Música  http://www.anafima.com.br

Voluntário ex-presidente e ex-diretor cultural do CORB – Centro de Oratória Rui Barbosa, entidade cultural que tem como objetivo atuar da difusão da arte oratória por meio de debates sobre temas pertinentes às áreas da música, filosofia e literatura. Na gestão 1983/84, 1.200 profissionais e estudantes universitários concluíram o Curso Básico de Oratória. (jan/83 – atual). Mais: http://www.ajorb.com.br/corb_forum.htm – Apoio institucional da UBE – União Brasileira dos Escritores http://www.ube.org.br | Importante: A partir desta experiência e da participação, como aluno, em vários cursos de oratória, João Florêncio Bastos – como professor independente – desenvolveu método próprio e exclusivo de treinamento em Comunicação Verbal, Técnicas de Apresentação e Oratória, capacitando – até o momento – aproximadamente, 9.000 profissionais e estudantes universitários.

FORMAÇÃO ACADÊMICA – Administrador pós-graduado em Recursos Humanos pelo Centro Universitário da FEI, pós-graduado em Didática do Ensino Superior pela Universidade Mackenzie e especialização em Gestão Estratégica de Negócios pela FGV–Eaesp – Fundação Getúlio Vargas – Escola de Administração de Empresas de São Paulo.

INFORMAÇÕES ADICIONAIS – Facilitador certificado na utilização da ferramenta Reflective Writing JournalInside Out Effective Leadership from Reflective Writing Method (janeiro de 2007 em Tel Aviv, Israel) e Precision Questioning and Answer e Crucial Conversations (agosto de 2006, Barcelona, Espanha) conduzidos por instrutores da Vital Smarts, Vervago e Microsoft International, coordenados pela Door Training International. Mais: http://www.doortraining.com

Pós-Graduando em Logística e Produção pela Fatep – Faculdade de Tecnologia de Piracicaba visando o aperfeiçoamento adequado para coordenar a educação continuada, desenvolvimento gerencial e planejamento de carreira de engenheiros brasileiros – de todas as especialidades – para atuarem em projetos de infraestrutura em todo o continente africano, nos próximos dez anos. Apoio estratégico em educação a distância: Nova Didática – Soluções para Capacitação http://www.ndidatica.com.br

http://lattes.cnpq.br/8884126033873029